FHC x Lula- Round III

quarta-feira, 20 de abril de 2011

ATUALIZAÇÃO I- 20/04

Sabendo das declarações de Lula, segundo quem FHC quer distância do povo, o tucano disse:


“Quem começou todos esses programas sociais de bolsa foi meu governo. Então, isso é uma luta político-ideológica”, defendeu-se. O ex-presidente tucano ainda desafiou Lula para uma terceira disputa eleitoral, lembrando que já venceu duas: ”O número de manifestações favoráveis que eu recebo ao que eu disse é imenso. O que sai no jornal é outra coisa, são interesses políticos. É o Lula, lá de Londres, refestelado na sua vocação nova, e ainda se dá ao direito de gozar, que eu estudei tanto para ficar contra o povo. Ele se esquece que eu o derrotei duas vezes. Quem sabe ele queira uma terceira. Eu topo! Acho lamentável que um ex-presidente use essa pregação da ignorância, do não-estudo. É patético!”

Veja bem. Sei que a maioria de vocês não curte FHC. Mas a sua fala, e nao ele, entendam, e nao hajam como petistas, que debatem pessoas e nao fatos, é cirúrgica. Não comentem FHC. Comentem O QUE FHC DISSE



POST ORIGINAL- 17/04


FHC abriu a boca e, pra não variar, criou polêmica. Disse que a oposição tem que mudar de foco e não buscar mais o “povão”, porque essa faixa da sociedade está sob domínio do PT. Qual o absurdo dele ao dizer isso? Nenhum. Pura verdade.

Mas Lula, com sua inveja do próprio pênis (um diz eu explico essa tese), não pode se calar e procurou rebater o tucano. Criticou essa tese de se afastar do povão, condenando a iniciativa do discurso de FHC.
E aí veio a resposta de FHC

"Se Lula fosse um adversário leal, saberia reconhecer que não desprezo o "povão'". Sou contra o que ele fez com o povo: cooptar movimentos sociais; enganar os mais carentes e menos informados trocando votos por benefícios de governo; transformar direitos do cidadão em moeda clientelista. Quero que o PSDB, sem esquecer nem excluir ninguém, se aproxime das pessoas que não caíram na rede do neoclientelismo petista. Desejo que Lula, que esqueceu as antiquadas posições contra as privatizações, continue usufruindo das oportunidades que as empresas multinacionais lhe oferecem, como agora em Londres."

"E desejo, principalmente, que Lula termine com a lenga-lenga contra ler muito e ter graus universitários, pois não precisa mais ter complexos. Virou 'doutor’”.

Vale lembrar que FHC havia, dias antes, desafiado Lula para levar uma terceira pisa dele, assim como em 1994 e 1998.

E o doido aqui acredita que, se essa disputa fosse, por exemplo, a senador ou prefeito de São Paulo, FHC daria mesmo uma surra,

0 comentários: