PT x Cintra

sexta-feira, 2 de maio de 2014

A cada eleição, políticos que trocavam juras de amor no passado se estapeiam. Enquanto outros, que se declaravam inimigos dão-se as mãos. É sempre mais do mesmo.

Se por um lado temos que aguentar Valdemir Cintra se derretendo em elogios a Patrícia e Wilsinho (achando que nos esquecemos do que um dizia do outro), por outro vemos o PT e Cintra entrando em rota de colisão.

Na sua Página do Facebook, Cecílio Galvão postou essa semana o seguinte comentário



Prontamente, Bruno Galvão, o principal nome do PT na cidade, respondeu.


Toda a picuinha nasceu a partir do momento em que Cintra resolveu outra vez colocar Cecílio como candidato. O PT bateu o pé e diz que não topa. Aliás, nem o federal que Cintra trouxer vão apoiar. Lançarão a candidatura de Fábio, que é pai de Bruno e sobrinho de Cintra.

Fábio acha que, quase 30 anos depois, o povo de Belo Jardim tem alguma dívida de gratidão com ele. Vai testar seu nome logo como candidato a Federal. Acho que devia logo sair pro SENADO se é pra avacalhar.

Por outro lado, Cintra acha que o PT tem o dever moral de seguir seus passos. Cintra nem lança um candidato ideológico e nem partilha o pão com o PT. Vai apoiar Jorge Corte Real e o PT num recebe uma cocada por isso.

Falei no Facebook a Cecílio exatamente o seguinte:

A meu ver, o PT é muito pior que você. Você errou, aprendeu e se desculpou. Eles erram, colocam a culpa nos outros e seguem errando.

A postagem de Cecílio, um ex-prefeito, pregando a paz, teve 10 curtidas.

O moído só tende a aumentar quando Maneco oficializar, se é que isso vai acontecer, seu apoio a Mendonça Filho.

2 comentários:

Aroldo Campos disse...

Política é assim mesmo, pior é Mendonça cheirando Eduardo Campos em quem ele sempre bateu, mais é melhor mudar o discurso que ficar sem mandato.

Anônimo disse...

cecilio galvão...nuncaaaaaaaaaaaaaaa